// //



WWW.COMPENDIO.COM.BR

Greve da educação é encerreda no Paraná.

O presidente da APP-Sindicato, professor Hermes Silva Leão, conduziu a apresentação dos resumos das últimas negociações com o governo do Estado. A retirada do PLC 04/2019, a manutenção dos critérios de contratação dos(as) professores(as) PSS, a criação de uma comissão para debater um próximo concurso público e a divulgação do edital com a liberação de 3,5 mil licenças especiais foram os principais temas abordados nas mesas de negociação com o governo.

A categoria presente avaliou como positivo o andamento da pauta, mas também que ainda há a necessidade de debates e soluções sobre o direito à greve, a reorganização do calendário escolar, a saúde do servidor e a efetivação do pagamento da data-base, entre outros. “Atravessamos um período de greve com a cabeça erguida e com muito respeito. As reposições estão acontecendo, a categoria está unificada e organizada. Haverá um debate com a Seed, ainda este mês, onde cobraremos a eleição de diretores no mês de novembro, a distribuição das aulas em dezembro. Seguiremos cobrando item a item do que é a nossa pauta”, reafirma Hermes.

Fonte: APP Sindicato, 10/08/2019.




Governador do Paraná apresenta proposta e greve é suspensa para avaliação dos servidores.

Greve dos servidores no Paraná ganha força e reúne 30 mil nas ruas de Curitiba.

Diretores e diretoras de escolas estaduais do núcleo de Loanda/PR manifestam apoio a greve dos servidores em carta aberta.

Cai por terra argumento de Ratinho Junor de que a greve era apenas de sindicalistas.

A DIFERENÇA PRAGMÁTICA ENTRE COVARDES E ACOVARDADOS

Assembleia estadual da APP-Sindicato aprova greve a partir do dia 25 de junho.

Ministétio Público diz que capitalização na previdência é inconstitucional.

Em carta o Papa Francisco se solidariza as duras provas pelas quais o ex presidente Lula tem passado.

Para a CNBB Reforma da Previdência sacrifica os mais pobres

Leia mais...
Leia mais...