// //



WWW.COMPENDIO.COM.BR

Governador do Paraná apresenta proposta e greve é suspensa para avaliação dos servidores.

Neste dia 13//07/2019, servidores de várias categorias realizaram assembleias estaduais para deliberar sobre continuidade ou não da greve. No final da tarde, do dia anterior, o governador Ratinho Júnior apresentou uma proposta, por escrito, na qual se comprometeu a atender algumas reivindicações. Dentre elas, a retirada da ALEP do Projeto de Lei Complementar 04/2019 que, na prática, congelaria os planos de carreira dos servidores pelos próximos 20 anos.

Professores e funcionários da educação, maior categoria do estado, realizaram assembleia em frente ao palácio Iguaçu, na manhã do dia 13. Após várias considerações prós e contra a continuidade da greve, a maioria decidiu pela suspensão da greve até 10/08/2019, quanto será realizada uma nova assembleia para melhor análise da conjuntura.

A votação foi apertada, quase metade da categoria votou pela manutenção da greve, considerando insuficiente a proposta apresentada pelo governo de reposição da inflação (data-base), que já apresenta uma defasagem de mais de 20%. Na proposta o governo paga apenas 5,09% parcelados até o final do seu mandato, o que gerou revolta entre os presentes.

Segundo considerações apresentadas, outro fator que pesou a favor da suspensão da greve durante o recesso, foi o fato de agentes 1 e 2 (funcionários de escolas) não terem recesso, portanto, eles arcariam sozinhos com o ônus da greve durante esse período, tendo de repor esses dias parados.

Durante o recesso escolar, diretores sindicais de diferentes regiões deverão organizar, junto com suas bases, propostas para serem discutidas na próxima assembleia.

O presidente da APP Sindicato, Hermes Leão, destacou que suspensão de greve não significa fim de greve, e que ela pode ser retomada se o governador fugir do diálogo com a categoria.

compendio.com.br, 14/07/2019.




Greve da educação é encerreda no Paraná.

Greve dos servidores no Paraná ganha força e reúne 30 mil nas ruas de Curitiba.

Diretores e diretoras de escolas estaduais do núcleo de Loanda/PR manifestam apoio a greve dos servidores em carta aberta.

Cai por terra argumento de Ratinho Junor de que a greve era apenas de sindicalistas.

A DIFERENÇA PRAGMÁTICA ENTRE COVARDES E ACOVARDADOS

Assembleia estadual da APP-Sindicato aprova greve a partir do dia 25 de junho.

Ministétio Público diz que capitalização na previdência é inconstitucional.

Em carta o Papa Francisco se solidariza as duras provas pelas quais o ex presidente Lula tem passado.

Para a CNBB Reforma da Previdência sacrifica os mais pobres

Leia mais...
Leia mais...