// //



WWW.COMPENDIO.COM.BR

Cai por terra argumento de Ratinho Junor de que a greve era apenas de sindicalistas.

Nesta segunda-feira (01/07/2019), servidores(as) públicos do Paraná participaram do ato unificado convocado pelo Fórum das Entidades Sindicais (FES) na capital do estado. Entre os mais de 15 mil manifestantes estavam professores(as), funcionários(as) de escola, servidores(as) da saúde, segurança pública, estudantes da rede pública de ensino e integrantes de movimentos sociais. No interior do estado também estão sendo realizadas mobilizações contra a falta de diálogo do governo Ratinho Junior(PSD). Servidores públicos querem retirada imediata do PLC 04/2019 que, na prática, congela os planos de carreira por 20 anos, além da reposição da inflação que já não é feita nos últimos 3 anos, acumilando uma defasagem de mais de 17%.




Greve geral em defesa do serviço público no dia 18/03/2020

Defender as minorias é um ato de autopreservação. Entenda o porquê.

Neoliberalismo econômico e seus efeitos devastos para quem depende do serviço público.

Usando de violência Governador Ratinho Junior aprova PEC da previdência no Paraná

Conheça 7 dicas que podem reduzir o Triglicérides.

Medida inconstitucional é legalizada pelo STF o guardião da constituição.

Diferente dos brasileiros franceses reagem a reforma da previdência.

Greve da educação é encerreda no Paraná.

Governador do Paraná apresenta proposta e greve é suspensa para avaliação dos servidores.

Greve dos servidores no Paraná ganha força e reúne 30 mil nas ruas de Curitiba.

Leia mais...
Leia mais...