// //



WWW.COMPENDIO.COM.BR

Corrupção na família Bolsonaro emprega funcinários fantasma.

O irmão do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), Renato Bolsonaro, foi exonerado do cargo de assessor especial parlamentar na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). No cargo há três anos, ele recebia R$ 17 mil mensais, mas não aparecia para trabalhar. A exoneração veio no mesmo dia em que o SBT denunciou o caso.

compendio.com.br, 18/09/2018




Ibope aponta cenário de segundo turno parecido com o cenário em que Dilma derrotou Aécio.

Empresa Havan é processada por desrespeitar liberdade política de funcionários

Milhões de brasileiros se unem contra o neofacismo no dia 29/09/2018.

Projeto neoliberal que acaba com direitos do povo ganha força na fala de Mourão

Historiador aponta fortes relações entre fala de Bolsonaro e o Nazismo.

Lula pede para que seus eleitores votem em Fernando Haddad para presidente

Beto Richa candidato a senador pelo PSDB é preso por corrupção.

Em nova decisão ONU reafirma que Brasil é sim obrigado a permitir candidatura de Lula

A síntese de um país que não tem como dar certo numa só imagem.

Leia mais...

Leia mais...