// //



WWW.COMPENDIO.COM.BR

Governador Beto Richa reduz salários de professores PSS em quase 400 reais.

Em um ato de extrema covardia, governador Beto Richa, do PSDB/PR, reduz salários de professores contratados, que já recebiam valores baixos.

A APP sindicato, estuda as medidas cabíveis e esclarece que:

Em pleno encerramento do ano letivo nas escolas, o governo do Estado surge com mais um calote na educação: reduz em mais de 13% os salários dos(as) professores(as) PSS a serem contratados em 2018. Em edital divulgado pela Secretaria de Estado da Educação (Seed), foram definidos os salários com a redução. Neste ano, um(a) professor(a) recebe R$1.415,70 para 20 horas/aula semanais. Para 2018, o governo quer pagar apenas R$1.227,70. Ou seja, uma redução de R$188,10. No caso do(a) professor(a) que leciona 40 horas/aula semanais, a redução será de R$376,20.

O governo deve, desde maio deste ano, uma data-base acumulada de 8,53% para os(as) servidores(as). Mesmo alegando que as finanças do Estado estão em dia, ignora o pagamento do reajuste previsto em lei e quer diminuir salários. “Não existe justificativa para reduzir os salários dos PSS. Há dois anos o governo não paga a data-base e agora anuncia mais um calote”, destaca o presidente da APP-Sindicato, professor Hermes Silva Leão.

compendio.com.br, 16/12/2017




Empresa lança drone com alta tecnologia e baixo custo.

Deputado investigado por caixa2 irá articular com Ségio Moro medidas contra a corrupção.

Após ligar para Bolsonaro, Temer sugere reforma da previdência ainda para 2018.

Advogado especialista em direito eleitoral explica impugnão de Bolsonaro por caixa 2.

Em vídeo, Bolsonaro ofende de forma vulgar a CNBB.

Ibope aponta cenário de segundo turno parecido com o cenário em que Dilma derrotou Aécio.

Empresa Havan é processada por desrespeitar liberdade política de funcionários

Milhões de brasileiros se unem contra o neofacismo no dia 29/09/2018.

Projeto neoliberal que acaba com direitos do povo ganha força na fala de Mourão

Historiador aponta fortes relações entre fala de Bolsonaro e o Nazismo.

Leia mais...
Leia mais...